Cerave_Blog

Como posso proteger a minha pele em todos os momentos?

> Vida CeraVe

Como posso proteger a minha pele em todos os momentos?

Ao longo da vida e de acordo com as estações do ano, a pele é sujeita a várias agressões externas ou aos sinais do tempo. Assim sendo, como posso cuidar da minha pele e reforçar a minha barreira cutânea?

A pele no inverno: cuidado com a secura cutânea

Porque é que a minha pele reage ao frio e ao vento?

No inverno, a secura cutânea é mais frequente. Qual é a sua causa? A pele produz menos sebo e a renovação das células da pele ocorre mais lentamente. Consequência direta: a barreira cutânea sofre alterações devido às agressões causadas pelo frio e vento. A pele torna-se seca ou muito seca. Podem surgir irritações, vermelhidão, pruridos e descamação. Durante o inverno, a pele tem tendência a ficar repuxada, no rosto e em todo o corpo.

Como posso proteger a minha pele no inverno?

Para começar, baixe o termostato. Caso contrário, irá secar ainda mais a sua pele. No que diz respeito aos seus cuidados diários, não se esqueça de remover a maquilhagem, com todo o cuidado, para eliminar as partículas depositadas na superfície da sua pele. Em seguida, hidrate ao máximo a pele do seu rosto. Deverá igualmente aplicar um emoliente no resto do seu corpo. Escolha produtos com texturas macias, ricos em matérias gordas e ceramidas que ajudam a reparar a barreira cutânea e a hidratar a pele. No que diz respeito à limpeza, opte por produtos suaves, com texturas untuosas, que reponham os lípidos da pele, tais como cremes ou óleos de limpeza.

A pele e o sol: cuidado com os raios UV

Porque devo proteger a minha pele dos raios UV?

Sobretudo durante o verão, os raios de sol são extremamente fortes. Os raios UVA e UVB conseguem penetrar em diferentes camadas da pele. Embora estimulem a produção de melanina e forneçam vitamina D ao corpo, estes raios são também a principal causa do envelhecimento prematuro da pele e dos cancros da pele.

Como posso proteger a minha pele do sol?

Dois gestos são absolutamente indispensáveis. Em primeiro lugar, aplicar um protetor solar com um índice de proteção elevado para formar uma barreira entre a pele e os raios de sol. Em segundo lugar, hidratar bem a pele, de modo a promover a renovação das células. Mas é preciso ter cuidado para não utilizar produtos demasiado gordos durante o verão. Caso contrário, vão reter as toxinas por baixo das camadas da sua pele e impedir que ela respire.

A pele e a poluição: a barreira cutânea alterada

Como é que a poluição agride a minha pele?

Os agentes poluentes (sobretudo as partículas finas aerotransportadas) afetam a epiderme de múltiplas formas. Numa primeira fase, verifica-se uma oxidação da superfície da pele devido à ação dos radicais livres. O sebo produzido é alterado e causa obstruções nos poros da pele. A poluição afeta igualmente a pele em maior profundidade, alterando os mecanismos da barreira cutânea. Como resultado, a pele fica seca e torna-se desconfortável.

Como posso proteger a minha pele da poluição?

Deverá lavar bem o rosto e remover a maquilhagem para eliminar as partículas depositadas na superfície da pele. Em seguida, um creme hidratante rico em ceramidas irá ajudar a restabelecer a função de barreira cutânea. Por último, é essencial proteger a sua pele do sol, já que os raios UV multiplicam os efeitos da poluição na pele.